A carregar...

XV Festival de Música do Monte

XV Festival de Música do Monte

Uma iniciativa da Delegação da Fundação Oriente na Índia – Goa, realizada na Capela de Nossa Senhora do Monte, Velha Goa, de 3 a 5 Fevereiro 2017

Entre os dias 3 e 5 de Fevereiro, o cenário edílico da Capela de Nossa Senhora do Monte em Velha Goa foi mais uma vez palco para o Festival de Música do Monte, que este ano celebrou os seus 15 anos.

Organizado pela Delegação da Fundação Oriente na Índia, o Festival de Música do Monte pretende ser uma plataforma de comunicação entre as diversas tradições artísticas do Ocidente e Oriente. O primeiro dia do festival foi preenchido pelo concerto intitulado “Cordas de Três Continentes”, onde a precursão e sitar indianas (Mayank Bedekar e Mansoor Khan) dialogaram com o alaúde Árabe (Ahmed Mukhtar) e a guitarra clássica (Ignacio Monteverde). No mesmo dia o interior da Capela recebeu um concerto intitulado “Canções sobre a Ternura” da autoria do Maestro Vasco Negreiros que juntou musica cristã antiga e ragas indianas, com a participação de Joana Amorim (flauta antiga), Rebeca Csalog (harpa), Mayank Bedekar (tabla) e Rupesh Gawas (voz).

Dado o carácter comemorativo da edição, deu-se este ano destaque às vozes femininas da Índia, que tanto na tradição Ocidental como Oriental têm vindo a dar cartas na cena artística nacional e internacional. Assim, assistimos no segundo dia a três extraordinárias prestações em palco. No primeiro concerto Ragini Rainu, a nova diva da música sufi Indiana encantou o público com uma performance acompanhada pelos músicos Aman Nath (piano) e Chanchal Singh (precursão). No interior da Capela a soprano Indiana Patrícia Rozario acompanhada por Mark Troop e Parvesh Java (piano) e Esvhita Menezes (Violino) ofereceram um excelente concerto dedicado aos cantos sagrados contemporâneos. No último concerto do dia, Sonia Shirsat encantou a audiência com um concerto que pretendeu render homenagem às grandes figuras do fado. Acompanhada por Orlando Noronha (guitarra Portuguesa), Allan Abreu (guitarra) e Carlos Menezes (viola de fado), a fadista Goesa fez vários encores a pedido do público entusiasta.


XV-Festival-de-Música-do-Monte-1.jpg 


No dia de encerramento do festival, foi apresentado um recital de santoor com a grande maestro indiano Abhay Sopori. Acompanhado pelos músicos Durjay Bhaumik (tabla) e Rishi Shankar Upadhyay (pakhawaj) prestou homenagem à terra natal deste instrumento, Caxemira e aos seus grandes poetas. A fechar o festival o público pode assistir uma vez mais a uma excelente prestação pela Soprano goesa Joanne D’Mello com o violoncelista Leo Rosi, a Orquestra de Câmara de Bombaim dirigida pelo Maestro Santiago Lusardi.

O festival de Música do Monte tem vindo a crescer quer em termos de qualidade como de públicos e é seguramente um dos eventos mais aguardados no calendário cultural de Goa. Muito embora o espaço seja bastante limitado contamos este ano um recorde absoluto em termos de público, com mais de 3000 pessoas a assistirem aos sete concertos apresentados durante os 3 dias do Festival.