A carregar...

A COLECÇÃO TRINDADE EM GOA

A Fundação Oriente orgulha-se de exibir em Goa a Colecção António Xavier Trindade e de contribuir para a preservação da memória de um vulto notável da cultura indiana.

XAVIER-TRINDADE-DE-REGRESSO-A-GOA2.jpg

XAVIER-TRINDADE-DE-REGRESSO-A-GOA.jpg

XAVIER-TRINDADE-DE-REGRESSO-A-GOA1.jpg 
 A Colecção Trindade foi doada à Fundação Oriente pelo Esther Trindade Trust em 2004. A colecção inclui 144 obras do reconhecido pintor goês António Xavier Trindade (1870-1935) e da sua filha, Ângela Trindade (1909-1980), também ela uma artista de renome.
    
Para acolher a Colecção Trindade, a Fundação Oriente procedeu a obras de renovação das suas instalações em Goa, agora dotadas de uma galeria onde os trabalhos do artista se encontram expostos permanentemente.

O conjunto exposto em permanência é composto por 31 trabalhos a óleo, aguarela e desenho, dispostas em dois núcleos distintos - retrato e paisagem - e foram fundamentalmente produzidos entre a década de vinte e trinta do século XX,  correspondes à fase de consagração e plena maturidade do artista.

A obra de António Xavier Trindade cruza com grande habilidade os universos culturais do Subcontinente Indiano e da Europa Ocidental, garantindo ao pintor reconhecimento e as mais altas distinções a que um artista poderia aspirar na Índia da época.

Influenciado por uma educação ocidental e pelas correntes artísticas Europeias da época, Trindade soube integrar este legado de forma natural na sua obra, tanto pelos temas retratados como pelo tratamento que lhes deu.

Apesar de optar por uma carreira artística de matriz ocidental, o pintor nascido em Sanguem, Goa, soube permanecer fiel às gentes e às paisagens da Índia.