A carregar...

Celebrar António Xavier Trindade no seu 147º Aniversário

Delegação da Fundação Oriente em Goa

Celebrar António Xavier Trindade no seu 147º Aniversário

Para celebrar o147º aniversário do pintor António Xavier Trindade, a Delegação da Fundação Oriente em Goa organizou, no dia 3 de Julho, a conferência Celebrar António Xavier Trindade no seu 147.º aniversário. Nesta ocasião, seis personalidades goesas foram convidadas a escolherem uma obra do artista, explorar o seu significado e abrir novos caminhos para a leitura da sua obra.

Perante uma assistência de 50 pessoas, a conferência foi iniciada com a tradicional nota de boas vidas por parte da Delgada, que fez também uma breve exposição sobre o processo de doação e adaptação do edifício para acolher a Colecção Trindade. Seguiu-se a intervenção da Dra. Fátima da Silva Gracias, que introduziu a vida e obra do pintor, fazendo um recorrido pela sua vida familiar e as circunstâncias históricas da sua época.

O professor Hanuman Kambli, artista e antigo Director da Faculdade de Artes da Universidade de Goa, falou  das diversas dimensões da vida do artista visíveis na sua obra. Vida interior, onde o artista utiliza apenas tons sóbrio e pouca cor (Self portrait in green); a vida privada onde utiliza a cores quente como forma de expressão de emoções e vida (Dolce fare niente – Retrato da sua mulher Florentina) e vida exterior onde utiliza uma paleta mais sóbria, mas cheia de significado (Goan Beggar).

A jornalista Pamela de Mello fez uma exposição sobre significado da obra Family by lamplight e como esta retrata a época e as circunstâncias do pintor.
A Professora Isabel de Santa-Rita Vás dedicou a sua intervenção ao retrato John, the cook e como este nos fala de humanidade do autor, numa época em que não era comum que o pessoal doméstico fosse retratado. 
O Senhor Vivek Menezes, conhecido escritor e fotógrafo goês, discutiu o trabalho inovador de António Xavier Trindade na sua época e como este abriu a porta da arte moderna no Subcontinente.

Por fim a conhecida escritora Jéssica Faleiro, deu voz a um conto escrito à volta da obra Esther Reclining da autoria do Dr. Benedito Ferrão.