A carregar...

Fundação Oriente e Instituto Cultural de Macau assinam protocolo de cooperação



Fundação Oriente e Instituto Cultural de Macau assinam protocolo de cooperação

No passado dia 1 de Novembro, a Fundação Oriente e o Instituto Cultural do Governo da R.A.E. de Macau assinaram um protocolo de cooperação na área da cultural, com vista a promover e aprofundar as relações de cooperação cultural entre Macau e Portugal.

A cerimónia de assinatura teve lugar na Casa do Mandarim, em Macau, estando as instituições signatárias representadas por Leong Wai Man, Vice-Presidente do Instituto Cultural, e Carlos Monjardino, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Oriente.

Segundo comunicado do Instituto Cultural, o âmbito da cooperação compreende 뱋 intercâmbio de informação e colaboração na promoção e divulgação mútuas das acções de ambas as partes, em Macau e em Portugal; as actividades conjuntas de investigação e actividades de cooperação e de co-edição de estudos; o reforço da articulação entre os museus e realização conjunta de exposições, espetáculos e participação e organização de conferências, colóquios e cursos de formação, entre outros.

Em declarações à TDM Teledifusão de Macau, para Carlos Monjardino este protocolo representa um 뱑elacionamento institucionalizado da maior importância, que se espera vir a incidir, sobretudo, na área dos museus e exposições, a realizar quer em Portugal, quer em Macau. Sobre o impacto do protocolo na actividade da Fundação Oriente em Macau, Carlos Monjardino afirmou que este abre 밹laramente uma nova etapa, destacando em seguida a cooperação com a Fundação Macau na área da publicação, bem como a realização da exposição 밠acau 100 anos de fotografia, no território em 2019.

Presentes na cerimónia de assinatura estiveram também Ana Paula Cleto, delegada da Fundação Oriente em Macau, e Lei Lo Heng, vice-coordenadora do Departamento de Desenvolvimentos das Artes do Espectáculo do Instituto Cultural. Antes da cerimónia, os representantes de ambas as instituições trocaram impressões sobre as respectivas iniciativas no âmbito da cultura e protecção do património em Macau e Portugal.