A carregar...

COLECÇÃO TRINDADE INAUGURA EM GOA

NOVA EXPOSIÇÃO PERMANENTE

COLECÇÃO TRINDADE INAUGURA EM GOA

A Colecção Trindade foi doada à Fundação Oriente pelo Esther Trindade Trust em 2004. Esta colecção inclui obras do reconhecido pintor goês António Xavier Trindade (1870-1935) e da sua filha Ângela Trindade (1909-1980), também ela uma conceituada artista.

Desde 2012, o trabalho do pintor Goês António Xavier Trindade esteve exposto na nossa galeria de arte, tendo sido esta exposição um dos pontos centrais da contribuição da Fundação Oriente para a vida cultural de Goa.

Obras Seleccionadas da Colecção Trindade

Por ocasião do 150.ª aniversário do nascimento de António Xavier Trindade em 2020, a Fundação Oriente organizou a uma nova exposição permanente. Obras Selecionadas da Coleção Trindade introduz uma nova narrativa da Colecção Trindade e adiciona um número considerável de trabalhos do pintor recentemente restaurados nunca antes exibidos. Pela primeira vez também é exibida em permanência a obra da artista Ângela Trindade. Esta adição permite a quem nos visita não só ter uma visão global da Colecção Trindade como compreender o intercâmbio entre os dois artistas, permuta esse que transcendeu largamente os seus laços familiares.

A presente exposição está dividida em quatro secções. As três primeiras secções são dedicadas a António Xavier Trindade e a última à obra da sua filha Ângela. A primeira sala compreende retratos e cenas domésticas a óleo da família e amigos. A Segunda secção inclui diversos retratos a óleo também, mas desta vez de figuras tradicionais e rituais da vida quotidiana do subcontinente indiano. A terceira secção adiciona uma nova dimensão ao trabalho do artista quer pelo seu significado documental como pela utilização de distintas abordagens artísticas. Neste espaço estão expostas inúmeras paisagens a aguarela e óleo que representam a dinâmica e a variedade de ritos das diversas comunidades espirituais da Índia. O domínio das técnicas de desenho e aguarela pode ser igualmente observado no grupo de trabalhos recentemente restaurados e que aqui têm destaque.

A última secção desta exposição é dedicada à obra de Ângela Trindade. Através da presente selecção é possível compreender o amadurecimento da artista – começando pelos primeiros trabalhos influenciados pela sua educação ocidental e o trabalho do seu pai, aos quais se seguem obras de carácter religioso em estilo indiano e finalmente trabalhos onde Ângela Trindade expressa a sua própria voz e estilo que veio a ser conhecido como Trindadismo.

O legado de António Xavier e Ângela Trindade perpassa mais de um século de intensas transformações políticas e sociais no subcontinente indiano e, em grande medida, é um excelente exemplo das influências e tendências artísticas presentes nas artes indianas do século XX.