A carregar...

Um Talento Vindo do Oriente

Um Talento Vindo do Oriente

Enquanto a música portuguesa ia sendo divulgada um pouco por todo o Extremo Oriente, em Lisboa despontava um talento vindo da China. Yu Feng, um jovem maestro de 27 anos, era declarado, por unanimidade de um júri composto por grandes maestros europeus, vencedor do Concurso Internacional Pedro de Freitas Branco para Jovens Chefes de Orquestra, organizado pela Fundação. “Yu Feng”, escreveu o então director do Teatro Nacional de São Carlos, “é um músico natural, inteligente, vibrante e lírico. A música habita-o, possui-o totalmente: no gesto, no olhar, na postura felina, tudo é eloquente na sua função geradora de impulsos musicais que a orquestra capta quase intuitivamente. O seu trabalho de ensaio é das mais convincentes demonstrações da universalidade da linguagem musical a que me foi dado assistir.”