A carregar...

Porcelana Chinesa na Expo`98

Porcelana Chinesa na Expo`98

O tema escolhido para a exposição mundial de Lisboa, os oceanos, dificilmente se enquadraria melhor nos temas que a Fundação mais preza: o diálogo de culturas consagrando a relação muito evidente que Portugal sempre teve com o mar. Passados 500 anos sobre a descoberta do caminho marítimo para a Índia, que viria revolucionar as relações entre a Europa e a Ásia quatrocentista, a Fundação quis associar-se às comemorações, revelando aos visitantes da exposição esse produto misterioso trazido como presente para o rei desde o primeiro contacto directo com o Oriente. E que melhor forma de, através dos Caminhos da Porcelana, louvar os oceanos que tornaram possível o nosso diálogo com o mundo? A contribuição de coleccionadores particulares e instituições públicas e privadas, que acederam juntar as suas peças às da colecção da própria Fundação, tornou possível, através de mais de 200 peças, contar a história da presença portuguesa nessas remotas paragens e o seu contributo para uma nova visão da Ásia, longe dos relatos vagos e nebulosos da época medieval, através de fonte diversa dos manuscritos: a porcelana.