A carregar...

AS IMPRESSÕES ROMÂNTICAS DE UMA ERA ENCANTADORA

Exposição de arte Ukiyo-e
Casa Garden – de 8 de Maio a 12 de Junho

AS IMPRESSÕES ROMÂNTICAS DE UMA ERA ENCANTADORA

A Delegação de Macau da Fundação Oriente apresenta, juntamente com o Printmaking Research Centre of Macau, a exposição de arte ukiyo-e “As impressões românticas de uma era encantadora”, na Galeria Principal da Casa Garden.  A exposição estará patente de 8 de Maio a 12 de Junho.

Ukiyo-e são xilogravuras japonesas que floresceram durante o período Edo (1603-1867). Estas xilogravuras tiveram origem na cultura popular em Edo (actual Tóquio) e representavam gueixas, lutadores de sumo e actores de kabuki, personagens do mundo do entretenimento.

Reflectindo a rápida ascensão da cultura urbana da classe mercantil no século XVIII, o ukiyo-e tornou-se uma forma de arte altamente popular cada vez mais centrada na vida em Edo. Ao mesmo tempo, os avanços nas técnicas de impressão em xilogravura tornaram muito mais fácil imprimir cópias. Livros de ilustrações de jovens artistas ukiyo-e apresentando temas familiares como actores kabuki e belas mulheres estavam em grande circulação no final do século XVIII.

Com o tempo, os temas das gravuras ukiyo-e expandiram-se além do mundo sofisticado dos prazeres urbanos para incluir paisagens japonesas deslumbrantes e cenas da natureza. O trabalho dos artistas ukiyo-e teve um enorme impacto na pintura de paisagens em todo o mundo e foi especialmente influente no desenvolvimento do movimento impressionista da Europa.

Esta exposição mostra cerca de 60 obras de mestres japoneses de ukiyo-e, nomeadamente, trinta e seis vistas do Monte Fuji, as mais famosas gravuras de paisagens de Hokusai Katsushika. As 36 vistas do monte Fuji, em japonês, Fugaku Sanjū-Rokkei, é uma série de 46 gravuras em madeira (dez das quais adicionadas após a publicação), datadas de 1832, retratando o monte Fuji em diferentes estações do ano, de diferentes locais, mais ou menos distantes, e com diferentes condições de tempo). Na exposição, poderão ser ainda apreciadas figuras de mulheres, conhecidas como bijin-ga, por Kitagawa Utamaro, As Cinquenta e Três Estações de Tōkaidō, por Utagawa Hiroshige, após a sua primeira viagem ao longo de Tōkaidō, em 1832, retratos de Toshusai Sharaku, o actor de Toyohara Kunichika, e alguns temas eróticos por mãos desconhecidas.

A técnica de impressão em xilogravura foi importada da China para o Japão por volta do século VIII e, desde essa altura até agora, nunca foi alterada. Nesta exposição, vamos poder observar gravuras das xilogravuras originais e algumas recém-fabricadas sob controle de qualidade do Museu de Arte de Tóquio, utilizando o chamado método antigo de Edo Heritage que usa materiais e técnicas comuns no antigo método Edo Ukiyo-e, como o papel de livro Echizen Osho, pigmentos tradicionais de minerais e plantas e painéis de madeira de Sakura de Fukushima.